Urgências
 

06 de Novembro de 2012
Como melhorar a autonomia do seu iPhone, iPod touch ou iPad
Como melhorar a autonomia do seu iPhone, iPod touch ou iPad

Cada vez que a Apple lança uma nova versão do iOS ou um novo modelo de iPhone, dá a sensação que temos que dar uma nova atenção à bateria. Se o seu iPhone, iPod touch ou iPad com iOS 6, passou a consumir bateria mais rapidamente, então aqui ficam algumas dicas que poderão seguir.

1º – Está a utilizar mais?
Uma das primeiras coisas que precisa de confirmar é se está a utilizar mais o seu iPhone, iPod touch ou iPad. Pode parecer estranho, mas quando se tem acesso a novas funcionalidades como o Flyover nos Mapas ou o navegação “turn-by-turn” ou simplesmente não consegue deixar de usar o iPhone que acabou de comprar, é provável que a bateria descarregue mais rapidamente. Com o iOS 6 há mais notificações, mais funcionalidades de localização e outras funcionalidades que consomem imensos recursos. Para além disso, no caso do iPhone 5, teremos que acrescentar o ecrã de maiores dimensões e a ligação LTE.

Antes de fazer algo mas drástico, faça uma pausa e deixe o seu equipamento em repouso durante alguns minutos, para garantir que não é efetivamente o motivo pelo qual está a consumir mais bateria.

2ª – Haverá algum problema com o sistema operativo ou com o equipamento?
Se, em geral, a autonomia da sua bateria é constantemente curta e basicamente vê o indicador de bateria a descer bem à frente dos seus olhos, então aqui ficam algumas coisas que poderá tentar fazer:

- Reiniciar o seu equipamento. Se já não reinicia o seu equipamento há muito tempo, eventualmente estará na altura de o fazer. Poderá estar a correr algum processo que afete a performance do equipamento. Reiniciando o equipamento, esse problema poderá ser resolvido.

- Ciclos de Carregamento. Regularmente, em média, uma vez por mês e sobretudo, quando tiver problemas, deve descarregar completamente o seu iPhone, iPod touch ou iPad. Mesmo antes que se desligue, carregue completamente o seu equipamento.

- Restaurar o equipamento como novo. É conhecido que um dos principais motivos que afetam a autonomia nos equipamentos com iOS, é o restauro feito com recurso a um backup, em vez de ser restaurado como novo. Para garantir que isso não acontece, deve restaurar o seu equipamento como novo. Deverá fazê-lo, ligando o equipamento ao iTunes e quando surge o ecrã principal do iPhone, deve carregar em restaurar. No final do processo escolhe a opção “Configurar como novo iPhone”.

- Verifique o sinal de rede. Se está numa área em que o sinal de rede do seu operador móvel é fraco, ou se está constantemente a mudar entre os protocolos GPRS, EDGE e 3G, então o mais provável é que esteja a consumir mais bateria do que era suposto. Se for possível utilize sempre Wifi, se tiver essa possibilidade. Em paralelo, deve desligar a opção de ligação ao 3G, através das Definições. Também não podemos esquecer que há equipamentos que podem apresentar defeito de fabrico e pode haver mesmo necessidade de trocar de equipamento.

3º – Carrega habitualmente o seu equipamento?
Sempre que possível, não se envergonhe de ligar o seu iPhone, iPod touch e iPad a um carregador ou computador, seja em casa, no trabalho ou no automóvel. Não desperdice todas as oportunidades que tem para carregar o seu equipamento.

Com o iPhone 5, é um pouco diferente, por causa do novo conetor Lightning, e por isso, necessita de novos cabos ou adaptadores. Em alternativa, transporte o cabo que acompanha o equipamento sempre consigo.

4º – Já desligou o que não está a utilizar?
Não se esqueça que todos os recursos do seu iPhone, iPod touch e iPad consomem bateria. Por isso, se já tentou tudo, está na altura de desligar alguns dos recursos que não utiliza ou utiliza menos.

- Desligue a opção “Raise to Speak” do Siri. Para o fazer, aceda a Definições, Geral, Siri. Este recurso poderá afetar a autonomia, até porque também afeta o acelerómetro.

- Desligue os Serviços de Localização. Aceda a Definições, Privacidade e finalmente Serviços de Localização. Em alternativa, no mesmo ecrã, poderá desligar a opção por aplicação, em vez de desligar todos os serviços de uma vez só.

- Desligue as Notificações. Se não se importa de não ser constantemente alertado quando recebe um novo mail, tweet ou referência no Facebook, aceda às Definições, Notificações e desligue totalmente a opção ou em alternativa, faça-o por aplicação.

- Desligue os Widgets do Centro de Notificações. O widget de Ações será aquele que deve ter particular atenção, no que diz respeito ao consumo de bateria. Também deve ter alguma atenção em relação ao widget de Meteorologia, que também recorre aos serviços de localização.

- Encerre as aplicações de maior consumo. Com duplo clique no botão Home, ative a barra de multitasking, carregue num dos ícones até começarem a tremer. Surgirá também um ícone para encerrar essas aplicações. Desta forma, encerra todas as aplicações, que possam estar a correr em fundo e necessariamente a consumir recursos e bateria.

Para além disso, pode ainda realizar algumas alterações, que já vêm das versões mais antigas do iOS:

- Define o Auto-Lock para 1 minuto.
- Desligue todos os sons adicionais, como os cliques do teclado
- Desligue o equalizador do iPod ou aplicação de música
- Utilize os headphones em vez da coluna exterior
- Baixe a Luminosidade
- Desligue o Bluetooth quando não está a ser utilizado
- Desligue o Wifi quando não está a ser utilizado
- Desligue o LTE quando não está a ser utilizado (opção a ser disponibilizada no futuro)
- Desligue todos os downloads através da rede móvel.
- Desligue o Push e define o “Fetch” para todas as contas de e-mail, calendário e contactos.

Se ficar em modo “desespero”, poderá sempre desligar o acesso a todas as redes móveis, através do Airplane Mode. Dessa forma, poderá continuar a usufruir do Wifi, mas ficará inibido de fazer chamadas ou enviar SMS.

Se sente que nenhuma destas soluções serviu ou se tem mais dicas para juntar a esta lista, para que possamos melhorar a mesma, deixe o seu comentário.
No comments yet

COMMENT