Urgências
 

10 de Setembro de 2014
O que de tão especial têm os novos iPhone 6 e iPhone 6 Plus?
iphone_6_release_date

O grande dia para os entusiastas da Apple chegou, 9 de Setembro de 2014, o dia em que o tão aguardado iPhone 6 foi lançado, mas a grande novidade terá sido por ventura o lançamento não de um mas de dois equipamentos em simultâneo. O CEO da Apple, Tim Cook revelou ontem ao mundo o novo iPhone 6 e o iPhone 6 Plus. Mas afinal o que é que de tão especial têm estes equipamentos? Que novidades trazem?

Em primeiro lugar estes são ainda mais finos que os seus antecessores, enquanto que o iPhone 5s tem 7,6mm de espessura, o iPhone 6 tem apenas 6,9mm e o iPhone 6 Plus 7,1mm e estará disponível nas mesmas cores do iPhone 5S, nas versões gold, silver e space grey. A dimensão do ecrã aumenta das 4” do iPhone 5S para um ecrã de 4,7” na versão 6 e de 5,5” na versão 6 Plus. Ambos vêm equipados com ecrã retina HD: o iPhone 6 oferece 1334×750 de resolução (um pouco melhor que 720p), e o iPhone 6 Plus tem 1920×1080 de resolução, ou seja melhor qualidade de imagem e melhor nível de contraste do que nos iPhones anteriores. No que diz respeito ao vidro do ecrã, contrariamente ao que se anunciava não são de safira mas têm um reforço de iões, permitindo assim um vidro mais resistente às quedas.

Mas não só nas dimensões temos mudanças visuais, também no formato existindo uma ruptura no design em relação aos últimos modelos lançados pela marca da maçã. Reconhece-se facilmente que é um iPhone, no entanto, o modelo rectangular adoptados nos últimos modelos de iPhone desaparece, dando lugar ao que a Apple designa de equipamento modelo sem “extremidades”, os cantos são assim arredondados, curvos em vez de rectangulares. O ecrã, por sua vez, é igualmente curvo nas extremidades de forma a suavizar a transição com o alumínio anodizado da caixa traseira.

No que diz respeito ao desempenho, ambos os modelos vêm equipados com os novos chips de processamento, o A8 de 64 bits, concebidos pela Apple. Segundo a Apple, o A8 oferece um melhor desempenho e uma maior eficiência energética, assim será possível processar jogos graficamente mais complexos sem colocar em esforço o processador do iPhone. A tecnologia utilizada permite utilizar o A8 em conjunto um coprocessador de movimento, o M8 (especificamente concebido para medir os dados a partir do acelerómetro, giroscópio e bússola do iPhone) e um barómetro integrado que irá ser utilizado para medir a pressão de ar e de elevação (principalmente em aplicações de saúde).

O iPhone 6 (e iPhone 6 Plus) possuem uma câmera iSight de 8 megapixels com 1,5µ pixels e af/2,2 de abertura. Um novo sensor permite o foco de pixels (que permite um melhorado e mais rápido autofocus), controlo de exposição (a capacidade de clarear ou escurecer num momento em que se tira a foto de forma automática), melhor detecção das caras e estabilização de imagem tudo isto no momento em que se tira a foto. O iPhone 6 Plus apresenta exclusivamente estabilização ótica de imagem, em que o A8 e o M8 trabalham em conjunto com o giroscópio para compensar as mãos trémulas e permitir melhores fotos em locais com pouca luz. Se gosta de tirar as famosas selfies provavelmente vai apreciar o modo burst (que faz 10 disparos, rápidos e contínuos) adicionado à câmara frontal tanto no iPhone 6 e o 6 Plus. Mas as maiores mudanças serão porventura na filmagem: Agora será possível capturar vídeo HD 1080p a 60 fps, ou até mesmo optar por vídeos slo-mo a 240 fps. O autofoco contínuo e cinematográfico são a promessa de estabilização de vídeo para fazer as suas gravações mais profissionais que nunca.

O iPhone 6 apresenta LTE mais rápido que o iPhone 5S e suporte para até 20 bandas LTE sem fio (a Apple faz questão de assinalar que isto é mais do que qualquer outro smartphone) permitindo utilizar o streaming e realizar downloads melhor que nunca. Realizar chamadas telefónicas sempre que tiver pouca rede GSM sobre wifi também serão uma realidade sem falhas, pois o iPhone 6 suporta 802.11ac Wi-Fi, ou seja uma ligação três vez mais rápida que a velocidade de um iPhone 5S.

O tão esperado NFC (comunicação de campo próximo) é agora bem real. O novo serviço móvel de pagamento da Apple chamada Apple Pay que pode ser utilizado em conjunto com toque de identificação em conjunto com armazenamento de dados, apelidado Elemento Seguro. Os recursos NFC permitirão que você use a Apple pagar as compras de forma rápida, fácil e segura, sem ter que usar seu cartão de crédito real. Uma lista de empresas conhecidas já vão aderir aos serviços como a McDonalds, Toys R Us, Macy, Target, Starbucks, Disney, e Whole alimentos – e a Apple Store, é claro! A partir de agora possível usar a Apple pagar as compras on-line.

Ambas as versões do iPhone 6 estará disponível em configurações de 16GB, 64GB e 128GB e estarão disponíveis a 19 de Setembro nos Estados Unidos, Canadá, Japão, Hong Kong, Singapura, Reino Unido, Alemanha, França e Austrália, a 12 de Setembro já se poderão efetuar as pré-encomendas nas lojas Apple destes países.
No comments yet

COMMENT